Nome de Casada

Uma questão que sempre surge quando começamos a ver os papéis para dar entrada do casamento no cartório é a mudança do nome. Mudar ou não?

Mudar de nome é uma mudança de identidade. E não digo apenas do processo burocrático de trocar todos os seus documentos, mas uma mudança de fato!

Antigamente o nome de família tinha um peso muito grande e era obrigatório a mulher adotar o sobrenome do marido. Atualmente já é mais opcional, mas ainda é bastante comum, e não deixa de ser uma forma de marcar essa mudança de fase na vida, uma nova “pessoa” nasce naquele momento.

Eu, particularmente, não alterei o meu. O sobrenome do meu marido não ia ficar legal com o meu e para ele era indiferente, então achei melhor manter o mesmo nome.

É uma decisão extremamente pessoal, que envolve a família e os noivos. Apesar de ser mais comum a noiva adotar o sobrenome do noivo, o contrário também é possível. Se for algo importante para você, vá em frente e assuma essa nova identidade, literalmente!

PS: Os documentos principais que devem ser alterados são: carteira de identidade, cpf, título de eleitor, passaporte, carteira de trabalho e carteira de motorista.

Deixe seu comentário